Portal atualizado em: 12 de agosto de 2022 às 11:11h

Cultura popular vai às escolas municipais de Monteiro com o grupo 3 de nós

Início Cultura popular vai às escolas municipais de Monteiro com o grupo 3 de nós

No último dia (25) de novembro as escolas públicas municipais de Monteiro, receberam o Projeto “Dia D da Música e da Poesia Popular nas escolas”. Organizado pelo grupo literomusical “3 de Nós”, o projeto promoveu um encontro do público infanto-juvenil com obras dos cantadores e poetas de nossa região. Enquanto Monteiro se preparava para a inauguração do “Crença”, importante centro de difusão do artesanato e da renascença em nossa região, as escolas públicas municipais recebiam a visita de Tatianne Oliveira, Claudinho de Monteiro e Zé Luiz do Candeeiro.

Com o fomento da Lei Aldir Blanc no âmbito municipal, através do edital 01/2020, apoiado pelas Secretarias Municipais de Cultura e Educação, o projeto executado pelo “3 de Nós” levou música, poesia e emoção para público jovem dos 5º e 9º anos das escolas municipais na sede.
O 3 de Nós é um grupo lítero musical que surgiu por iniciativa do Núcleo de Arte e Cultura “Zabé da Loca” do Campus VI da Universidade Estadual da Paraíba. Em sua essência o grupo resgata músicas e poesias de artistas da nossa região. Com o mote “somos três de uma nação e uma nação em nós nasceu”, o grupo passeia pela magia da música e da poesia popular, valorizando a produção artística regional.

O repertório era composto de canções de Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Dejinha de Monteiro, Zé Marcolino, dentre outros.

O grupo traz toda força poética do cariri paraibano e do sertão do Moxotó e Pajeú pernambucano. O grupo também homenageia nomes como Pinto do Monteiro e Zabé da Loca por meio de suas canções e poesias autorais.

Sobre o projeto, a supervisora da Escola Brisa Nunes Braz, Professora e Poetisa Joelma Vieira declarou que “as crianças ficaram encantadas com a apresentação. É muito bom ver os jovens tendo acesso às músicas e poesias de nossa região”.

Nesse sentido, ao todo foram beneficiadas cinco escolas localizadas na zona urbana. De acordo com o poeta e cantor Zé Luiz do Candeeiro, a intenção é ampliar o projeto para que mais escolas sejam beneficiadas numa segunda etapa. “Cumprimos a primeira etapa prevista no projeto. Porém nossa intenção é levar esse projeto para escolas e lugares. Conforme as condições sanitárias forem melhorando queremos expandir a proposta”, declarou o poeta.

Em síntese, o projeto focou nas turmas de 5º e 9º ano como forma de ajudar na preparação dos estudantes que farão nas próximas semanas a prova do SAEB. A poesia e a música ajudam no bem estar dos estudantes.

Compartilhar

Notícias Relacionadas