Portal atualizado em: 1 de dezembro de 2022 às 17:14h

Aluna monteirense e profissionais da Educação participam do 1º Ler, Conviver e Brincar em Campina Grande

Início Aluna monteirense e profissionais da Educação participam do 1º Ler, Conviver e Brincar em Campina Grande

Aluna monteirense e profissionais da Educação participam do 1º Ler, Conviver e Brincar em Campina Grande

Secretaria de Saúde

Autor: Comunicação

Aluna monteirense e profissionais da Educação participam do 1º Ler, Conviver e Brincar em Campina Grande

A Comissão de Acessibilidade e Inclusão em Ambientes das Bibliotecas do Centro de Ciências Biológicas e Sociais Aplicadas (CCBSA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em parceria com a Rede de Leitura Inclusiva do Estado da Paraíba, com o Instituto dos Cegos de Campina Grande, Fundação Dorina Nowill para Cegos e Universidade Federal da Paraíba […]

04/08/2022 11h17 Atualizado há 4 meses atrás

A Comissão de Acessibilidade e Inclusão em Ambientes das Bibliotecas do Centro de Ciências Biológicas e Sociais Aplicadas (CCBSA) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em parceria com a Rede de Leitura Inclusiva do Estado da Paraíba, com o Instituto dos Cegos de Campina Grande, Fundação Dorina Nowill para Cegos e Universidade Federal da Paraíba (UFPB), promoveram o 1º Ler, Conviver e Brincar.

O evento aconteceu no Museu de Arte Popular da Paraíba (MAAP) e Instituto dos Cegos de Campina Grande, sendo direcionado para crianças cegas ou com baixa visão, com idade entre 7 e 12 anos.

Neste sentido, a Secretaria de Educação do município de Monteiro  proporcionou para a aluna Emylli Fernanda, a cuidadora Rossana Ferreira e a Coordenadora da Educação Inclusiva, Magna Viana a participação no evento.

De acordo com Magna Viana, a experiência contou com uma visita ao MAAP com contação de histórias e distribuição de livros acessíveis para as crianças participantes e, em seguida, almoço, gincana, atividades recreativas e esportivas no Instituto dos Cegos de Campina Grande.

“Estamos trabalhando diariamente para buscar novas experiências que possam incluir nossos pequenos monteirenses, mostrando novas perspectivas e novas realidades. Mostrando que através da educação elas podem e  devem ser o que quiserem”, comentou Magna Viana.