Portal atualizado em: 23 de maio de 2024 às 16:22h

CENSO CULTURAL 2023: Prefeitura de Monteiro inicia cadastro de Artistas e agentes culturais

Início CENSO CULTURAL 2023: Prefeitura de Monteiro inicia cadastro de Artistas e agentes culturais

CENSO CULTURAL 2023: Prefeitura de Monteiro inicia cadastro de Artistas e agentes culturais

Autor: Comunicação

CENSO CULTURAL 2023: Prefeitura de Monteiro inicia cadastro de Artistas e agentes culturais

A Prefeitura de Monteiro, através da Secretaria de Cultura e Turismo do município, abriu as inscrições para o Censo Cultural 2023. A iniciativa tem como objetivo identificar e colher informações de profissionais, espaços, grupos, instituições e coletivos que integram a cadeia produtiva da cultura na cidade. O cadastro, lançado pela Secretaria Municipal de Cultura e […]

08/03/2023 8h34 Atualizado há 1 ano atrás

A Prefeitura de Monteiro, através da Secretaria de Cultura e Turismo do município, abriu as inscrições para o Censo Cultural 2023. A iniciativa tem como objetivo identificar e colher informações de profissionais, espaços, grupos, instituições e coletivos que integram a cadeia produtiva da cultura na cidade.

O cadastro, lançado pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, é pré-requisito para os interessados em solicitar as ações emergenciais da Lei 14.017/2020, conhecida como Lei Aldir Blanc e deve abranger todos os agentes que trabalham ou atuam com artes cênicas, artes plásticas, artesanato, audiovisual, circo, cultura popular, dança, fotografia, pintura, literatura, mídias, música ou patrimônio cultural.

“Para se inscrever, basta acessar o link disponível aqui no final do texto, preencher o formulário escolhendo entre pessoa física ou pessoa jurídica. Além dos documentos pessoais, são exigidos materiais comprobatórios das atividades culturais exercidas”, informa a secretária da pasta, Christianne Leal

A Prefeita de Monteiro, disse que “a cidade de Monteiro é o maior celeiro cultural do estado. Só na área da música, nós temos quatro escolas de música oficiais (IFPB, UEPB, PRIMA, ECIT José Leite de Sousa), além de escolas particulares de música que, a cada ano, lançam uma média acima de 100 músicos. Além disso, temos o único teatro da região do Cariri, abrigando a formação de novos atores, técnicos e bailarinos. Por isso a importância de realização desse Censo Cultural, para que nós tenhamos dados concretos dos fazedores de cultura no município.” Concluiu.


Preferência de Cookies

Usamos cookies e tecnologias semelhantes que são necessárias para operar o site. Você pode consentir com o nosso uso de cookies clicando em "Aceitar" ou gerenciar suas preferências clicando em “Minhas opções”. Para obter mais informações sobre os tipos de cookies, como utilizamos e quais dados são coletados, leia nossa Política de Privacidade.