Portal atualizado em: 3 de julho de 2022 às 22:46h

Exposição de trabalhos marca ponto alto da Semana de Luta Antimanicomial em Monteiro

Início Exposição de trabalhos marca ponto alto da Semana de Luta Antimanicomial em Monteiro

A Prefeitura Municipal de Monteiro, a Secretaria Municipal de Saúde e a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS), estão realizando várias atividades durante toda semana, com eventos alusivos à Semana de Luta Antimanicomial. As atividades começaram no dia 16 de maio e se estendem até esta sexta-feira, dia 20, com o tema “É PRECISO ESTAR ATENTO E FORTE”.

Esta luta, atua em busca de um tratamento humanizado, e desde a década de 1980 vem conquistando importantes avanços políticos, normativos e assistenciais que funcionaram como peças fundamentais para a Reforma Psiquiátrica no país.

Dentro da programação alusiva a data está a exposição dos trabalhos dos usuários dos Serviços de Saúde Mental. O momento contou com palestras, atividades físicas, e uma roda de conversa onde foram expostas várias experiências vividas pelos pacientes e familiares e dos próprios profissionais.

“Dentro desta luta está o combate à ideia de que se deve isolar a pessoa com sofrimento mental em nome de pretensos tratamentos, ideia baseada apenas nos preconceitos que cercam a doença mental, por esta razão o objetivo principal do movimento é a substituição dos hospitais psiquiátricos, por serviços abertos de tratamento e formas de atenção dignas, de modo a atender as diferentes formas de sofrimento mental, é aí onde entram a RAPS, com diversos serviços com equipes multiprofissionais, trabalhando em cima da Saúde mental”, comentou Kallyne Torres, coordenadora da RAPS.

A prefeita Anna Lorena fez questão de pontuar que também estiveram na programação as Oficinas internas nos serviços da rede, CAPS I, CAPS AD III, ambulatório de saúde mental, entrega de panfletos informativos pelas equipes dos serviços de urgência em saúde mental, alusivos ao tema, Oficinas terapêuticas com confecção do material para apresentação naquele momento.

A gestora ainda convidou a todos para prestigiar a entrevista no Programa Ponto de Debate, com Edvaldo Reis, com a participação da psicóloga Isolda Nunes e a Coordenadora da Rede de Apoio Psicossocial, Kallyne Torres.

Compartilhar

Notícias Relacionadas