Portal atualizado em: 28 de fevereiro de 2024 às 23:05h

Fevereiro Roxo e Laranja: Secretaria de Saúde de Monteiro lembra da importância da conscientização e prevenção das doenças crônicas

Início Fevereiro Roxo e Laranja: Secretaria de Saúde de Monteiro lembra da importância da conscientização e prevenção das doenças crônicas

Fevereiro Roxo e Laranja: Secretaria de Saúde de Monteiro lembra da importância da conscientização e prevenção das doenças crônicas

Autor: Comunicação

Fevereiro Roxo e Laranja: Secretaria de Saúde de Monteiro lembra da importância da conscientização e prevenção das doenças crônicas

O mês de fevereiro é marcado por duas campanhas fundamentais: o fevereiro Laranja e o fevereiro Roxo. As cores, segundo o Ministério da Saúde (MS), têm significados importantes, pois remetem aos sentidos de alerta, cuidado e conscientização. A campanha Fevereiro Laranja lembra sobre a importância da prevenção à Leucemia, um tipo grave de câncer que […]

09/02/2024 10h45 Atualizado há 3 semanas atrás

O mês de fevereiro é marcado por duas campanhas fundamentais: o fevereiro Laranja e o fevereiro Roxo. As cores, segundo o Ministério da Saúde (MS), têm significados importantes, pois remetem aos sentidos de alerta, cuidado e conscientização.

A campanha Fevereiro Laranja lembra sobre a importância da prevenção à Leucemia, um tipo grave de câncer que afeta os glóbulos brancos, geralmente, de origem desconhecida. Os sintomas incluem anemia, palidez, sonolência, fadiga, palpitação, manchas roxas na pele ou pontos vermelhos, bem como gânglios linfáticos inchados, perda de peso, febre e dores nas articulações e ossos. A campanha também frisa a importância da doação de medula óssea. A doação é muito importante, pois a cada cem mil pacientes, apenas um doador é compatível.

A cor roxa foi escolhida para a conscientização do lúpus, da fibromialgia e do Alzheimer. O lúpus é caracterizado como um distúrbio crônico que faz com que o organismo produza mais anticorpos que o necessário para manter o organismo em pleno funcionamento. Segundo o Ministério da Saúde, o Lúpus Sistêmico (Les) é a forma mais séria da doença e também a mais comum afetando aproximadamente 70% dos pacientes com lúpus. Ele afeta principalmente mulheres, sendo 9 em 10 pacientes com o risco mais elevado durante a idade fértil.

Já a fibromialgia ataca especificamente as articulações, causando dores por todo o corpo, principalmente nos músculos e tendões. A síndrome também provoca cansaço excessivo, alterações no sono, ansiedade e depressão. No Brasil, a Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR) calcula que a fibromialgia afeta cerca de 3% da população. De cada 10 pacientes com fibromialgia, sete a nove são mulheres.

O Alzheimer é uma doença neurodegenerativa que provoca o declínio das funções cognitivas, reduzindo as capacidades de trabalho e relação social. O Alzheimer é a causa mais comum de demência – um grupo de distúrbios cerebrais que causam a perda de habilidades intelectuais e sociais. No Brasil, existem cerca de 15 milhões de pessoas com mais de 60 anos de idade – 6% delas têm Alzheimer, segundo dados da Associação Brasileira de Alzheimer (Abraz).

A Secretaria de Saúde reforça a importância de que ao apresentar qualquer sintoma, o paciente deve procurar uma unidade de saúde mais próxima e solicitar consulta médica, pois quanto mais rápido for, mais eficácia terá o tratamento.


Preferência de Cookies

Usamos cookies e tecnologias semelhantes que são necessárias para operar o site. Você pode consentir com o nosso uso de cookies clicando em "Aceitar" ou gerenciar suas preferências clicando em “Minhas opções”. Para obter mais informações sobre os tipos de cookies, como utilizamos e quais dados são coletados, leia nossa Política de Privacidade.