Portal atualizado em: 3 de fevereiro de 2023 às 18:18h

Janeiro Roxo: Unidades de saúde de Monteiro realizam palestras sobre hanseníase

Início Janeiro Roxo: Unidades de saúde de Monteiro realizam palestras sobre hanseníase

Janeiro Roxo: Unidades de saúde de Monteiro realizam palestras sobre hanseníase

Autor: Comunicação

Janeiro Roxo: Unidades de saúde de Monteiro realizam palestras sobre hanseníase

A hanseníase é uma doença infecciosa causada pelo bacilo Mycobacterium leprae, que afeta principalmente a pele e os nervos periféricos. É uma doença altamente contagiosa, mas pode ser tratada e curada se diagnosticada precocemente. A campanha conhecida como JANEIRO ROXO faz referência à conscientização e à prevenção da hanseníase, regularizada pelo Ministério da Saúde e […]

24/01/2023 17h21 Atualizado há 2 semanas atrás

A hanseníase é uma doença infecciosa causada pelo bacilo Mycobacterium leprae, que afeta principalmente a pele e os nervos periféricos. É uma doença altamente contagiosa, mas pode ser tratada e curada se diagnosticada precocemente. A campanha conhecida como JANEIRO ROXO faz referência à conscientização e à prevenção da hanseníase, regularizada pelo Ministério da Saúde e assegurada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SDB).

Com base nessas informações e sempre com o cuidado e o compromisso de oferecer uma saúde cada vez melhor a população, a Secretaria de Saúde de Monteiro com o apoio e a dedicação de todos os profissionais, estão realizando palestras em todas as UBS´s. Desta forma são repassadas orientações importantes para prevenção da hanseníase.

De acordo com dados da Pesquisa Nacional de Saúde, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada no último ano, mais de 1,9 milhão de adultos brasileiros apresentaram sintomas da doença, como manchas ou dormência na pele. A hanseníase é uma das doenças mais antigas do mundo, sendo conhecida desde a época dos egípcios.

Os sintomas da hanseníase podem incluir alterações na pele, como manchas brancas ou amareladas, inchaço dos nervos, perda de sensibilidade e fraqueza muscular. O tratamento da hanseníase inclui o uso de medicamentos específicos, como antibióticos prescritos por médicos, administrados para acelerar a cura e evitar recaídas.

A prevenção da hanseníase inclui a vacinação contra o bacilo, a promoção de medidas de higiene pessoal e o aumento da conscientização sobre a doença. É importante que as pessoas com suspeita de hanseníase procurem atendimento médico imediatamente, pois o tratamento precoce é fundamental para evitar complicações e garantir uma recuperação completa.