Portal atualizado em: 2 de dezembro de 2022 às 21:55h

Monteiro recebe comitiva de Rendeiras e Artesãs de Taperoá para conhecer o CRENÇA

Início Monteiro recebe comitiva de Rendeiras e Artesãs de Taperoá para conhecer o CRENÇA

Monteiro recebe comitiva de Rendeiras e Artesãs de Taperoá para conhecer o CRENÇA

Secretaria de Saúde

Autor: Comunicação

Monteiro recebe comitiva de Rendeiras e Artesãs de Taperoá para conhecer o CRENÇA

A cidade de Monteiro recebeu nesta quarta-feira (08), uma comitiva de mulheres Rendeiras e Artesãs do município de Taperoá para conhecer o Centro de Referência da Renda Renascença e do artesanato do Cariri – CRENÇA. As artesãs foram recepcionadas pela Gerente do Crença Elissandra Sobral e pela Presidente do Conselho das Associações, Cooperativas e entidades […]

09/06/2022 12h54 Atualizado há 6 meses atrás

A cidade de Monteiro recebeu nesta quarta-feira (08), uma comitiva de mulheres Rendeiras e Artesãs do município de Taperoá para conhecer o Centro de Referência da Renda Renascença e do artesanato do Cariri – CRENÇA. As artesãs foram recepcionadas pela Gerente do Crença Elissandra Sobral e pela Presidente do Conselho das Associações, Cooperativas e entidades vinculadas a Renda Renascença do Cariri paraibano – CONARENDA, Antônia Maria da Silva.

Localizado em um prédio histórico no Centro de Monteiro, além de um ponto de divulgação da renda renascença, o Crença tem sua importância também na prestação de informações e nas oficinas de qualificação ministradas em parceria com o Sebrae e outros parceiros.

Érica Catarina – Gerente do Departamento de Mulheres de Taperoá afirmou que além de conhecer o espaço dedicado à Renda Renascença, as artesãs vieram obter informações a respeito da inclusão dos trabalhos produzidos em Taperoá, para serem expostos e comercializados no CRENÇA.

A Visita também serviu para entrega dos trabalhos artísticos produzidos pelas artesãs de Taperoá que foram selecionadas e premiadas através do edital da Lei Aldir Blanc (Lei Federal n° 14.017), que dispõe sobre ações emergenciais destinadas ao setor cultural durante o estado de calamidade pública decorrente da pandemia da Covid-19.