Portal atualizado em: 7 de dezembro de 2022 às 18:03h

NAPSE promove I Formação para cuidadores de crianças e adolescentes com deficiência em Monteiro

Início NAPSE promove I Formação para cuidadores de crianças e adolescentes com deficiência em Monteiro

NAPSE promove I Formação para cuidadores de crianças e adolescentes com deficiência em Monteiro

Secretaria de Saúde

Autor: Comunicação

NAPSE promove I Formação para cuidadores de crianças e adolescentes com deficiência em Monteiro

A Equipe do Núcleo de Assistência Psicossocial e Educacional (NAPSE) promoveu a I Formação para cuidadores de crianças e adolescentes com deficiência, do município de Monteiro. Visando a qualificação e aprimoramento dos trabalhadores da Educação, que atuam nas escolas e nos Centros de Educação Infantil (CEIs) da Rede Municipal de Monteiro, a Secretaria de Educação […]

30/03/2022 9h31 Atualizado há 8 meses atrás

A Equipe do Núcleo de Assistência Psicossocial e Educacional (NAPSE) promoveu a I Formação para cuidadores de crianças e adolescentes com deficiência, do município de Monteiro.

Visando a qualificação e aprimoramento dos trabalhadores da Educação, que atuam nas escolas e nos Centros de Educação Infantil (CEIs) da Rede Municipal de Monteiro, a Secretaria de Educação realizou a primeira formação deste tipo com os profissionais cuidadores.

A preocupação com a formação permanente dos cuidadores de crianças especiais reflete o cuidado que a Secretaria da Educação e a Prefeitura de Monteiro têm com esses alunos, considera a diretora do Napse, Márcia Espinhara.

O cuidador tem um papel fundamental no desenvolvimento escolar do aluno especial, não é atribuição do cuidador ensinar o conteúdo pedagógico, mas ele é a ponte entre o profissional especializado na sala de aula (Professor) e o aluno com necessidades especiais.

De acordo com a psicopedagoga Lidiane Quirino, esse é um marco na trajetória da Educação Inclusiva. “Os Cuidadores são fundamentais para que o processo de inclusão aconteça. Na ocasião, os profissionais do NAPSE, impulsionaram o debate sobre: Autismo, Deficiência Física e Intelectual. A participação da família no processo de inclusão foi amplamente discutida”.

Segundo Magna Viana, coordenadora pedagógica da Educação Especial da Rede Municipal, os cuidadores foram orientados a pensar sobre sua prática nas escolas e sua importância na formação das crianças, atendendo o que preconiza a Lei Municipal nº 1.910, de março de 2018.

“Estamos vivenciando momentos relevantes de escuta, partilha e de muita ação para a garantia do direito à educação de qualidade e inclusiva, reconhecendo e respeitando as diferenças. Me sinto feliz e honrada de fazer parte dessa equipe inclusiva”, disse Magna Viana.

O Napse é composto por uma equipe multiprofissional composta por psicopedagogas, psicólogas, nutricionista, fonoaudióloga, terapia ocupacional e assistente social, trabalhando diretamente com todas as Escolas Públicas Municipais.