Portal atualizado em: 24 de maio de 2024 às 17:23h

Secretaria de Agricultura informa agenda de protocolo para melhoramento genético de rebanho

Início Secretaria de Agricultura informa agenda de protocolo para melhoramento genético de rebanho

Secretaria de Agricultura informa agenda de protocolo para melhoramento genético de rebanho

Autor: Comunicação

Secretaria de Agricultura informa agenda de protocolo para melhoramento genético de rebanho

  O projeto Mais Pecuária Brasil e Mais Genética no Sertão com apoio da Secretaria Municipal de Agricultura deu um passo adiante para levar melhoramento genético para o rebanho bovino e para o rebanho de caprinos/ovinos para as pequenas propriedades rurais de Monteiro. Iniciando o primeiro ciclo do programa o médico veterinário Márcio Andrade informa […]

06/05/2024 13h11 Atualizado há 3 semanas atrás

 

O projeto Mais Pecuária Brasil e Mais Genética no Sertão com apoio da Secretaria Municipal de Agricultura deu um passo adiante para levar melhoramento genético para o rebanho bovino e para o rebanho de caprinos/ovinos para as pequenas propriedades rurais de Monteiro.

Iniciando o primeiro ciclo do programa o médico veterinário Márcio Andrade informa aos criadores a agenda para o diagnóstico gestacional dos animais para que recebam o protocolo de Inseminação Artificial.

AGENDA PARA PROTOCOLO MAIS PECUÁRIA – (Bovinos)

DATA DG/D0: 28/05/2024

DATA D8: 05/06/2024

DATA D10: 07/06/2024

PONTOS IMPORTANTES:

-Pedimos que informe aos produtores, que realize a retirada dos touros caso houver, com 30 dias de antecedência.

AGENDA PARA PROTOCOLO MAIS GENÉTICA NO SERTÃO– (Caprinos e Ovinos)

DATA DG/D0: 14/05/2024

DATA D9: 23/05/2024

DATA D11: 25/05/2024

PONTOS IMPORTANTES:

-Pedimos que informe aos produtores, que realize a retirada dos reprodutores (carneiro/bode) caso houver, com 30 dias de antecedência.

A inseminação artificial é a biotecnologia mais simples e rápida para promover o melhoramento genético em bovinos/caprinos/ovinos.

O processo é realizado da seguinte forma: na primeira etapa, é feita a identificação das matrizes que estão saudáveis e aptas para a inseminação, em que é realizada a identificação do animal; no botijão estão os sêmens dos melhores reprodutores armazenados em uma temperatura de 196 graus negativos e, logo após a palheta contendo o sêmen da raça específica do animal é retirado é aquecido a 37 graus e em seguida o material genético é depositado no aplicador é inserido na fêmea pré selecionada.

“Este processo é um desafio e ao mesmo tempo uma grande oportunidade de contribuir significativamente com a melhoria genética do rebanho do município, visando aumentar a produtividade dos animais dos produtores monteirenses, promovendo aumento na produtividade, elevando consequentemente sua produção e fonte de renda”, comentou o veterinário Márcio Andrade.

É importante ressaltar que o produtor rural que esteja interessado por este projeto, basta procurar a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente com os documentos pessoais e as informações acerca da propriedade, a produção e a quantidade de animais, se cadastrar e, em seguida, a equipe técnica da Secretaria fará os encaminhamentos para o agendamento da visita por parte dos profissionais responsáveis pelo projeto.


Preferência de Cookies

Usamos cookies e tecnologias semelhantes que são necessárias para operar o site. Você pode consentir com o nosso uso de cookies clicando em "Aceitar" ou gerenciar suas preferências clicando em “Minhas opções”. Para obter mais informações sobre os tipos de cookies, como utilizamos e quais dados são coletados, leia nossa Política de Privacidade.