Portal atualizado em: 12 de agosto de 2022 às 11:23h

Secretaria de Saúde de Monteiro alerta para precauções contra surto de H3N2

Início Secretaria de Saúde de Monteiro alerta para precauções contra surto de H3N2

A Secretaria de Saúde do município de Monteiro vem alertar a população para que neste período de festividades de final de ano a população tome precauções contra o surto do H3N2.

Diante da afirmação do secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, de que a previsão é que o surto de Influenza A (H3N2) evolua no Estado, podendo adquirir caráter epidêmico, já que nos últimos dias, foram registradas imagens de unidades de saúde lotadas em João Pessoa, devido um surto de gripe na capital paraibana, a Prefeitura realiza o alerta.

Mesmo sem casos confirmados no município de Monteiro, a Secretaria de Saúde recomenda que as mesmas ações de combate ao covid, também seja aplicado para que a doença não se propague.

“Neste fim de ano tivemos um alívio sobre a covid, mas como vocês podem ver através das mídias, ainda não podemos descuidar, pois há um surto da Influenza A. Se você viajar ou se seus parentes vierem de outras cidades da Paraíba ou de outros estados com o surto confirmado, redobrem os cuidados para que possamos aproveitar um fim de ano mais tranqüilo”, comenta a secretária Ana Paula Oliveira.

Influenza A
O vírus A está associado a epidemias, tem comportamento sazonal, cujo aumento de casos ocorre nas estações mais frias. Apresenta febre, calafrios, mal-estar, dor de cabeça, dor no corpo, falta de ar, dor na garganta, dor nas juntas, fraqueza, secreção nasal excessiva e tosse seca, podendo ter ainda diarréia, vômitos, fadiga, rouquidão, olhos vermelhos e lacrimejantes.

A febre (temperatura igual ou superior a 37,8°C) é o sintoma mais importante e tem duração em torno de 2 ou 3 dias e normalizando em torno do sexto dia de evolução.

Cuidados
Para redução do risco de adquirir ou transmitir doenças respiratórias, especialmente as de grande infectividade, como o vírus Influenza, a melhor maneira de se prevenir contra a doença é os vacinar-se anualmente, principalmente os grupos prioritários, e que sejam adotadas medidas gerais de prevenção e controle, tais como:

. Frequente higienização das mãos;
• Utilizar lenço descartável para higiene do nariz;
• Cobrir nariz e boca quando espirrar e/ou tossir e higienizar as mãos após tossir e/ou espirrar;
• Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos e/ou garrafas;
• Evitar contato próximo à pessoas que apresentem sinais ou sintomas da Influenza;
• Evitar sair de casa em período de transmissão da doença;
• Evitar aglomerações e ambientes fechados.

Compartilhar

Notícias Relacionadas